TOP 10 – Personagens femininos

Algumas admiráveis, outras invejáveis, por vezes insanas ou fofas, e as que amamos odiar. Sim! Hoje vamos falar sobre os personagens femininos que me marcaram.Realmente foi uma tarefa difícil escolher apenas 10 delas, então usei o seguinte critério: primeiro analisei a “foderosidade”, seguido do impacto que causou no anime e na otome que vos fala, e por último a personalidade da mesma.

Espero que curtam essa listinha e sintam curiosidade de conhecer tanto as personagens como os animes de que fazem parte. Let’s go!

1º Haruhi Suzumiya (Suzumiya Haruhi no Yuutsu)

Simplesmente não poderia ficar em outra colocação. Pela simples e única razão de Haruhi ter o poder de ninguém menos que o todo-poderoso DEUS. E o mais assustador disso tudo: ela não sabe que possui esse poder! O mundo que conhecemos foi provavelmente criado por ela, e constantemente modificado conforme suas vontades. Já deu ou querem mais? Criaram até uma religião com adeptos no mundo real, o Haruhismo. É pessoas, não é qualquer personagem de anime que tem essa bola toda não…

Determinada, inconstante e persuasiva, Haruhi torna a vida do comum estudante Kyon completamente maluca. E quase me esqueci, não deixem essa garota entediada, ou o mundo que conhecemos pode não existir mais no dia seguinte…

 

 

 

 

2º Konata Izumi (Lucky Star)

Pode parecer apenas uma colegial comum, mas não é. Konata é o símbolo vivo do povo otaku, representando todos os nossos defeitos, qualidades e artimanhas. Preciso dizer que me identifico com ela? Afinal, quem nunca deixou de estudar para poder ficar no computador, tv, mangás ou ficar à toa, mesmo?

Se você está pensando que Konata não se dá bem nas provas, se engana. Mesmo não levando os livros e ficando até tarde no RPG, as notas dela são ótimas. Quer um jeito melhor de desenvolver a memória do que guardar tudo sobre games, animes e mangás?

O que falta nela é só tamanho mesmo, pois carisma essa figura tem de sobra. Um ícone, uma lenda.

 

 

 

 

3º Erza “Titania” Scarlet (Fairy Tail)

Erza, Kitsu-chan quer ser como você quando crescer. Não consigo imaginar Fairy Tail sem ela, sério. Além de carregar o título de Titânia devido a sua força e habilidade, é ela quem banca a mãe de Natsu, Gray e Lucy.  Além de órfã, Erza não teve uma infância nada feliz. Como se não desse para piorar, a coitada também não tem sorte no amor (caramba, se ela e Jellal não se entenderem até o fim terei um infarto).

Por mais que ela pareça meio durona à primeira vista, acho Erza uma diva, embora ela ande na maior parte do tempo com aquela armadura, que segundo ela, é mais confortável do que um vestido ou qualquer roupa casual.

 

 

 

 

 

4º Yuno Gasai (Mirai Nikki)

Eu achava que depois de Elfen Lied não veria mais nenhuma adolescente de cabelo rosa matando geral com um sorriso fofo no rosto. Mas fomos surpreendidos novamente com Yuno, a stalker mais psicótica e homicida que conheço. Ela é a única dessa lista que odeio e não aguento ver nem pintada de ouro na minha frente (ainda mais depois de ter matando o Akise u.u). Maaas, por ser a única que personagem que conseguiu me irritar mais do que a Narusegawa de Love Hina, ela merece essa colocação.

Ironicamente, percebi que esse tipo de garota seduz mais os homens do que outras personagens normais. Gostaria de saber por quê. Se você for um deles, comente aí o que te atrai numa garota que anda com as caveiras dos pais numa bolsa e espera pela oportunidade de matar todos os seus amigos e família, se for preciso.

Uma coisa tenho que admitir sobre a Yuno: se não fosse por ela, o inútil e chorão do Yuuki não teria chegado onde chegou, pois teria sido morto no primeiro episódio.

 

 

 

5º Clube K-ON (K-ON!)

Como não gostar de K-ON, eu te pergunto. Não consegui escolher uma delas para o quinto lugar, pois essas garotas de personalidades diferentes combinam e se completam. Adoro todas. Para exemplificar: Yui precisa de Ritsu para apoiar suas loucuras assim como Ritsu precisa planejar novas formas de atazanar a medrosa da Mio. Para acalmar tudo, precisamos de Mugi-chan com seus deliciosos bolos e xícaras de chá. E por último, precisamos de Azu-nyan para botar juízo na cabeça de todas, já que a sala do clube é lugar de ensaiar a banda e não tomar chá.

Apesar das características das personagens serem bem genéricas, a forma em que elas interagem e todas as confusões no decorrer do anime tornam K-ON viciante e hilário. Vale a pena conferir.

 

 

 

 

6º Victorique de Blois (GOSICK)

Depois de assistir Gosick, quero ter uma filha igual à Victorique. Fofa e louca por doces, não ache que só aparência é o seu forte. Apelidada por alguns blogueiros como o “L de vestido”, Victorique é extremamente inteligente e resolve crimes aparentemente inexplicáveis na cidade de Saubure, em pleno ano de 1924.

Por trás da aparência de uma boneca, esconde-se uma língua afiada e uma franqueza que a torna rude às vezes. Assim como Erza, Victorique não teve uma vida de conto de fadas. Prisioneira na torre de uma biblioteca por seu próprio pai, ela passou os 15 anos de sua vida com nada além de livros. Graças à Kujo (que casal fofo :3) ela tem a chance de conhecer o mundo.

 

 

 

 

7º Kyoko Mogami (Skip Beat!)

Caramba, posso definir Kyoko como a melhor protagonista de shoujo que já vi. No começo do anime/mangá pensamos “eita, mais uma personagem principal avoada e cega de amor, já vi isso milhares de vezes!”.

Só que depois de chutada pelo amigo de infância, Sho, que apenas a usou como escrava para que pudesse seguir a carreira de cantor, Kyoko resolve dar o troco no desgraçado. Com os seus “espíritos do ressentimento” (tipo uns diabinhos de consciência, que rendem cenas hilárias), ela muda totalmente sua aparência e atitude, e anseia entrar no mundo do showbiz para combater Sho, como uma celebridade.

Talentosa, louca e por vezes ingênua, Kyoko me faz rir alto e por vezes querer gritar “Qual seu problema, mulher? Não percebe que o Ren tá afim de você?”. Além de que quando ela quer, sabe ser diva.

 

 

 

8º Nino-san (Arakawa Under_the Bridge)

Arakawa Under the Bridge é um anime único com personagens únicos, e a aparente trama “nonsense” o faz inesquecível para quem assiste. Mas vamos falar de Nino-san (dublada pela querida Maaya Sakamoto), nada menos do que uma Venusiana que vive debaixo da ponte, pescando peixes e dormindo na gaveta debaixo da cama.

O melhor de Nino é que não sabemos NADA sobre ela. Sua real identidade e vida passada é um mistério (mas tenho suposições). Dessa forma, ela se torna bem imprevisível e isso ajuda a tornar a série hilária.

 

 

 

 

 

9º Meiko “Menma” Honma (AnoHana)

Caramba, me emocionei tanto com a Menma que seria inaceitável não colocá-la na lista. Todo o otimismo e energia dela são contagiantes. Uma amiga fiel e que chora sinceramente pela dor dos outros, mesmo que sua própria situação não esteja boa. A melhor personagem infantil  que tive a honra de conhecer.

 

 

 

 

 

 

 

 

10º Mizuho Kazami (Onegai Teacher)

Como sempre fui meio avessa com personagens de cabelo em qualquer tom de rosa, deixei Onegai Teacher sempre para depois, e também pelos boatos de ser um ecchi, embora ele não seja um! No entanto, Mizuho-sensei entra nessa minha listinha por ter superado totalmente minhas expectativas, assim como o próprio anime.

Ela também é uma personagem que vai além das aparências. Usando a identidade de uma professora comum de 23 anos, Mizuho na verdade é metade alienígena e trabalha para a Federação da Galáxia. Mesmo parecendo uma mulher madura e “vivida”, ela não se relacionou com ninguém (não puxou a sua “saliente” mãe kkk). Ela e Kei formam um casal bem legal, não é fofo demais, e nem atrevido demais, o mais próximo dos casais da vida real mesmo.

Como disse no começo, tem outras personagens de que gosto, algumas conhecidas e outras nem tanto, mas fica para outros posts 😛

Bem gente, por hoje é só e aguardem mais listinhas minhas ^^v

Kitsune

Anúncios